A Casa Grande do Fontão

O concelho de Ponte de Lima é alfobre de famílias ilustres, solares e casas antigas. Entre as freguesias berço de gente notável, destaca-se São Tiago de Fontão onde se ergue um dos mais característicos exemplares da arquitectura senhorial portuguesa de seiscentos. Sobre a fundação da Casa Grande do Fontão, conhecem-se alguns elementos, nomeadamente que pertenceu à Casa de Bertiandos durante mais de duzentos anos. Francisco Pita, casado com Maria Saraiva de Amorim, foram os primeiros senhores da quinta da Casa Grande do Fontão, segundo Felgueiras Gaio, no seu célebre “Nobiliário das Famílias de Portugal”.

Com as gerações de Pitas e Amorins andou a Casa Grande do Fontão, durante mais de cento e cinquenta anos, até se unir ao Solar de Bertiandos através de um casamento realizado lá em 22 de Maio de 1763. Depois de casados, estes fidalgos mandaram colocar sob o portal da Casa Grande de Fontão os brasões com os seus apelidos.

Hoje, o Solar da Casa Grande do Fontão, aproveitando dos seus românticos jardins e lindíssima envolvente que nos transporta para lugares idílicos, é um espaço privilegiado para a realização dos mais diversos tipos de eventos.